domingo, 12 de fevereiro de 2017

Poesia nos dias atuais - Autor: Carlos Adriano Santos


Hoje em dia, a poesia não é mais como antigamente
São versos pela metade
Que despertam a curiosidade
Mas que as pessoas não entendem
Os jovens frequentam a faculdade
Investem em seus sonhos e vontades
Mas no momento de falarem suas verdades
De expor seus sentimentos no papel
Expõem é a sua incapacidade
Talento que perdeu a validade
Colocadas em um liquidificador
As palavras se misturam
Procuram mas não se configuram
E no meio desta vitamina de lição
Anfetamina que contamina qualquer coração
A poesia verdadeira se dissolve
Usa-se uma peneira para ver se resolve
Mas todo o conteúdo escrito se torna vão
Um precipício que lhes puxa pelas mãos
Que se deforma e torna tudo muito vago
Está feito em seu mundo o maior estrago
O sonho se transforma em ilusão
A poesia que poderia acender a luz do dia
Acaba é ascendendo à escuridão

Autor: Carlos Adriano Santos
12/02/2017


Nenhum comentário:

Postar um comentário