terça-feira, 20 de junho de 2017

Dançando com as flores - Poema de: Carlos Adriano Santos

Dançando com as flores

Olá, melodia
Hoje quero ouvir a tua canção
Voar, dançar, sair por ai, rodar pelo salão
O silêncio às vezes me assusta
Mesmo estando no meio de um jardim de flores
Embora elas sejam uns amores
Quando lhes desejo um bom dia, algumas ficam mudas
Que ninguém se confunda entre rosas e margaridas amarelas
A chuva que o pensamento desnuda, rega cada uma delas
Rosas contém muitos espinhos
Margaridas não
Rosas fazem dos jardins os seus ninhos
Margaridas fazem ninhos dentro do coração
Como é bom ouvir o vento soprar uma canção de primavera
Me dá a impressão de estar rodando pelo salão
Dançando com as flores mais belas
Aquelas que jamais me machucarão

Poema de: Carlos Adriano Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo(a) ao cantinho deste Poeta!
Deixe aqui o seu comentário que responderei a todos com carinho!