sábado, 8 de dezembro de 2018

Clique na foto para comprar o livro com coletânea de poemas do Poeta Carlos Adriano Santos


É com muita alegria em meu coração 
que apresento a todos a minha mais nova obra!
O livro: "Além do Prazer de Amar"
O livro apresenta uma excelente coletânea 
com muita poesia bonita que fala a linguagem do amor, 
este sentimento tão bonito que nos faz tão feliz e que, 
às vezes, nos faz sofrer tanto.
É muita poesia bonita reunida em um lugar só!
Uma excelente dica para presentear neste natal!

Clique na foto e confira!

 Adquira aqui o livro: Além do prazer de amar - Autor: Poeta Crlos Adriano Santos

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Suicida - Poeta Carlos Adriano Santos

Suicida

Me coloquei diante de um penhasco
Lutei contra um carrasco que queria me matar
Levitei no negro espaço que tentei me atirar
Pensei que eu fosse um pássaro com asas para voar
Sou apenas um palhaço tentando se suicidar
Confrontada com meus porquês, minha falta de razão
Senti medo ao perceber que não havia explicação
Meu erro foi te querer que perturbou meu coração
Olhei para dentro de mim e não havia mais nada
Além de um sentimento obscuro de uma alma penada


Autor: Poeta Carlos Adriano Santos - 10/09/2018


sexta-feira, 17 de agosto de 2018

O vendedor de poesias - Poeta Carlos Adriano Santos

O vendedor de poesias

Olha a poesia, seu moço
Poesia para o mês de janeiro
Poesia para o mês de agosto
Poesia para ler o tempo inteiro
Poesia para todos os gostos

Tem poesia com asas
Poesia de amor
Poesia para voltar para casa
Poesia para curar a dor

Tem poesia de chegada
Poesia de partida
Poesia de entrada
Poesia de saída

Tem poesia de mel
Poesia que a natureza trouxe
Poesia com gosto de céu
Poesia de sabor bem doce

Tem poesia para a noite
Poesia para o dia
Poesia para o açoite
Poesia para fazer companhia

Tem poesia para espantar a tristeza
Poesia para pôr um fim na solidão
Poesia com um jantar sobre a mesa
Poesia para alimentar o coração

Tem poesia de calor
Poesia de amizade
Poesia de cobertor
Poesia para aquecer de verdade

Tem poesia de olhar
Poesia de sorriso
Poesia que faz o coração balançar
Poesia que leva ao paraíso

Tem poesia de alegria
Poesia que traz felicidade
Poesia que manda embora a agonia
Poesia de luminosidade

Tem poesia de arrependimento
Poesia para pedir perdão
Poesia para tocar nos sentimentos
Poesia para momentos de ingratidão

Tem poesia que fala
Poesia que mexe com os sentidos
Poesia que cala
Quando se declara ao pé do ouvido

Tem poesia para os pais
Poesia para os filhos
Poesia para voltar atrás
Poesia para pôr de volta nos trilhos

Tem poesia otimista
Poesia de coragem
Poesia para capa de revista
Poesia para não perder a viagem

Tem poesia que desperta
Poesia de paixão
Poesia com as portas abertas
Poesia de sol de verão

Tem poesia de sonho
Poesia de realidade
Poesia para o olhar tristonho
Poesia para matar a saudade

Autor: Poeta Carlos Adriano Santos - 16/08/2018

Obs: Meus poemas estão protegidos pela lei de direito autoral: 9.610/98, ao compartilhar mantenha o seu formato original com os devidos créditos do autor: Poeta Carlos Adriano Santos

Poeta Carlos Adriano Santos


Coração selvagem - Poeta Carlos Adriano Santos


Pesadelo - Poeta Carlos Adriano Santos